Do dia 20 a 22 de janeiro, o Instituto Sorriso Legal, no Pará, recebe a ONG internacional Smile Train. O objetivo da visita é dar continuidade ao Projeto Sustentabilidade, que visa estruturar um centro que seja referência no tratamento de fissura lábio palatina.

Iniciado em novembro, esse projeto foi criado para acompanhar todo o processo de abertura de um centro. O auxílio vai desde os protocolos cirúrgicos e de atendimento, até ao preenchimento dos documentos para conseguir ajuda governamental e viabilizar a estrutura de atendimento interdisciplinar que os pacientes com fissura precisam, como atendimento de fonoaudiólogos, ortodontistas, cirurgiões e psicólogos. Marabá é a primeira cidade no Brasil a passar por esse processo que, no futuro, gerará um manual de estruturação de centros de fissuras em todo o país.

“Essa experiência em Marabá tem sido fundamental para vermos as necessidades e os problemas enfrentados na hora de abrir um centro de tratamento. O objetivo desse projeto é justamente tornar capazes todos aqueles que queiram formar uma equipe especializada em tratar a fissura lábio palatina, tornando acessível o tratamento de qualidade para todos”, afirma Mariane Goes, Gerente de Programa da Smile Train Brasil.

Em apenas dois meses, muitos avanços já foram feitos. Um cirurgião plástico tem ido mensalmente ao futuro centro realizar cirurgias e acompanhar casos e todos os protocolos de atendimento já estão estruturados. O próximo passo é conseguir a ajuda da secretaria de saúde do Estado para assinar um contrato que libere mais salas de cirurgia e se comprometa a contratar uma equipe de especialistas para cuidar desses pacientes. A previsão é de que até o segundo semestre desse ano, a população de Marabá já possa contar com atendimento gratuito para pacientes com fissura lábio palatina.

Posted in Notícias |

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *